Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Manoel Germano de Miranda: um simples pioneiro

Imagem
Manoel Germano de Miranda era um simples cozinheiro de um barco de pesca quando aceitou à Cristo como Salvador. Chamou-lhe certo dia a atenção, quando um grupo de crentes pentecostais, na recém fundada Assembleia de Deus em Itajaí, foram perseguidos violentamente por um sacerdote católico. Impressionado com tudo o que viu, se dirigiu a igreja e aceitou a fé pentecostal.

Tempos depois, Miranda testemunharia ao Mensageiro da Paz (2ª quinzena de novembro de 1937) sobre sua conversão. No texto ele relata que "vivia em trevas, andando em pecado, cheio de vícios, escravo do mal, sem paz para mim e nem para o meu lar". Afirma ainda, que "vagava como um barco sem rumo" até que ouviu a pregação do evangelho, examinou uma velha Bíblia católica, e através da leitura da mesma teve uma revelação divina levando-o a conversão.

Logo em seguida começou a cooperar no trabalho, substituindo o pioneiro André Bernardino em suas viagens. Meses depois, Miranda se sente chamado para pregar …