Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

Francisco Pereira do Nascimento: nascido para o pastorado

Imagem
Túlio Barros, então pastor presidente da Assembleia de Deus em São Cristóvão assim declarou sobre a morte do pastor Francisco Pereira do Nascimento ocorrida em 1968: "O pastor Alcebíades certa ocasião disse: 'O Pereira nasceu para ser pastor'". Assim dessa forma, em uma frase objetiva e curta, que toda a simplicidade de vida e ministério do pastor Pereira foi resumida. 
Nascido em Santa Isabel do Pará, "Chico Pereira" converteu-se ao evangelho em 1929 na cidade de Belém, e cedo começou a se destacar nas pregações. Certo dia, o então pastor da AD em Belém missionário Nels Nelson recebeu em seu escritório o obreiro responsável pela congregação de Sacramenta, o qual lhe informou haver um novo convertido, que quando pregava toda a congregação louvava a Deus.
Curioso com a novidade, o missionário Nelson resolveu conferir. Orientou para que o jovem obreiro fosse ordenado pregar no domingo à noite. Nelson foi até a igreja, porém não entrou de imediato. Ficou do lado…

Celebração da Centésima postagem

Imagem
O blog Memórias das Assembleias de Deus comemora sua centésima postagem. Desde o ano de 2009, esse espaço tem sido destinado a refletir, compartilhar e divulgar outras "histórias" sobre a maior denominação pentecostal do Brasil. Algumas postagens foram tímidas, mas na medida em que as pesquisas foram se desenvolvendo, alguns temas puderam ser tratados com maior profundidade e reflexão. Agradeço a todos os meus amigos, colegas e irmãos que sempre me incentivaram a nesse blog colocar a história assembleiana sob outra perspectiva. Como celebração desse momento, deixo com os leitores algumas considerações sobre esse blog de bons amigos e incentivadores desse historiador voluntário das ADs.


A memória é fundamental para a formação da identidade. Todos nós recorremos ao passado para explicar nossas escolhas e justificar nosso modo de vida. Um sujeito sem memória perde sua referência. Quem sofre de amnésia, não sabe mais quem é. O mesmo pode ser dito com relação às instituições relig…

Pastor Liosés Domiciano: lições de um ministério

Imagem
Liosés Domiciano nasceu na cidade de Itajaí, no dia 31 de julho de 1927. Com 12 anos de idade, ele e sua família começaram a frequentar a Assembleia de Deus, e aos 14 anos, Liosés começou a dirigir a escola dominical para as crianças na cidade de Guaramirim. Mais tarde, aos 19 anos recebeu a tarefa de liderar uma congregação no município.
Em 1950, aos 23 anos, Liosés contraiu matrimônio com a jovem Noêmia Figueira. No mesmo ano foi convidado para dirigir a AD em Mafra, cidade localizada no planalto norte catarinense. Era jovem e inexperiente. Logo as lutas e dificuldades o fizeram pensar em desistir. Nesse intento, ainda em Mafra, conseguiu um emprego em um estabelecimento comercial, mas ao voltar para casa e contar para sua esposa sua decisão de não mais trabalhar integramente na obra, Noêmia o contestou de forma firme, mas amorosa, dizendo que ela jamais abandonaria seus objetivos de seguir no ministério. Convencido pela mulher, Domiciano reconsiderou e, continuou na obra evangélica.